A mostrar 1–30 de 69 resultados

Alda Rocha
Alda Rocha

A vontade de fazer perguntas e partilhar respostas, levou-a à licenciatura em Comunicação Social (1993). De lá para cá, o caminho fez-se pelas redações de “Público”, “A Bola” e “Expresso”. Em 2001, tornou-se jornalista freelance, exceto nos intervalos em que foi editora da “Focus” e integrou as equipas fundadoras do “Metro” e do jornal “i”. Publicou reportagens em títulos tão diversos como “El Mundo”, “Up Magazine” ou “Visão”. O interesse por ciência levou-a a integrar a equipa de guionistas de “MegaCiência” (SIC, 2004), além de ser autora de “Inovadores” (TVI, 2011).

Detentora do CCP e certificado pelo Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Áreas de Especialização

  • Jornalismo com especialização em Ciência e Saúde
PEDIR FORMAÇÃO
Alexandra Barata
Alexandra Barata

Sou jornalista correspondente do Jornal de Notícias em Leiria, desde 2017, e colaboradora do Jornal de Leiria. Licenciada em Ciências da Comunicação e mestranda em Jornalismo, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, dou aulas na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Politécnico de Leiria, desde 2007. Leciono Informação e Géneros Jornalísticos, Relações Públicas e Assessoria de Imprensa, e Organização de Eventos e Protocolo. Sou detentora do CCP.

Áreas de Especialização

  • Jornalismo (imprensa, online)
  • Relações Públicas e Assessoria de Imprensa
  • Protoloco e Organização de Eventos
  • Comunicação organizacional

 

PEDIR FORMAÇÃO
Ana Baião
Ana Baião

Ana Baião nasceu em 1968, em Lisboa. Fez a sua formação no Instituto Português de Fotografia e aos 20 anos, tornou-se fotojornalista, iniciando a carreira no jornal O Século. Em 2000 transferiu-se para o Expresso, depois de ter passado pelas redações do Diário de Notícias e O Independente, ao mesmo tempo que colaborava com a agência Associated Press. Já por várias vezes expôs os seus trabalhos, tendo conquistado diversos prémios. Em 2017 publicou o seu primeiro livro “ Cante – Alma do Alentejo”.

Áreas de Especialização

  • Fotojornalista
PEDIR FORMAÇÃO
Ana Carvalho Melo
Ana Carvalho Melo

Sou jornalista do Açoriano Oriental, desde 2008. Antes passei trabalhei numa editora onde era responsável pela coordenação da produção de manuais escolares, uma vez que a minha formação académica é na área do ensino, mais especificamente da Biologia e Geologia.

Até chegar a São Miguel e começar a trabalhar no Açoriano Oriental inicialmente no copy desk, nunca tinha pensado ser jornalista. No entanto, rapidamente me apaixonei pela profissão e me preparei para eu também me tornar em jornalista.

Áreas de Especialização

PEDIR FORMAÇÃO
Ana Fonseca Pereira
Ana Fonseca Pereira

Sou jornalista há 20 anos. Licenciada pela Universidade de Coimbra, comecei a trabalhar na secção online do Público, em Novembro de 1999, quando o jornal estreou o seu site de actualização contínua de notícias. Depois de uma década de aprendizagem desta então nova forma de fazer jornalismo, passei para a secção Mundo, em 2009. Especializei-me em política europeia e nos conflitos do Médio Oriente, tendo feito a cobertura do Brexit. Em 2018 deixei o Público e estou desde então em sabática.

Certificados

  • Detentora de Certificado de Competências Pedagógicas (CCP)
  • Certificada pelo Conselho Pedagógico de Formação Contínua

Áreas de Especialização

  • Jornalismo online
  • Política Internacional
PEDIR FORMAÇÃO
Ana Luísa Magalhães
Ana Luísa Magalhães

Sou a Ana Luísa Magalhães no mundo do jornalismo desde fevereiro de 2015, no jornal O JOGO: a casa que me abriu as portas para o estágio curricular e apostou em mim, depois de terminada a licenciatura em Ciências da Comunicação na Universidade do Porto. Cresci e ganhei competências em vários estádios e competições desportivas, em Portugal e no estrangeiro, sem nunca perder o interesse por tudo o que o mundo tem para me ensinar.

Áreas de Especialização

  • Desporto – especificidades, forças, fraquezas, ameaças e oportunidades;
  • Redes sociais e fake news – técnicas para detetar a desinformação e combatê-la;
PEDIR FORMAÇÃO
Ana Pinto Martinho
Ana Pinto Martinho

Ana Pinto Martinho é a editora do European Journalism Observatory (EJO) é professor convidada no ISCTE, investigadora no OberCom e assistente de investigação do CIES. Está ligada a projetos de investigação internacionais como o Newsreel, o Digital News Report, do Reuters Institute for the Sutdy of Journalism e a estudos da rede EJO.

No Cenjor dá formação nas áreas do jornalismo de dados, multimédia, comunicação digital, desinformação e fake news, e redes sociais.

Como jornalista dirigiu o iGOV, foi jornalista da InformationWeek, diretora da Interface – Administração Pública e trabalhou para meios como o Diário de Notícias, o Sol, e a RTP Informação.

É doutoranda, no ISCTE, com Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação (ISCTE) e uma Licenciatura em Comunicação Social (UBI).

Áreas de Especialização

 

PEDIR FORMAÇÃO
António Caeiro
António Caeiro

Nasceu em outubro de 1949, em Moscavide. Iniciou-se no jornalismo na década de 1960, como colaborador do semanário “Notícias da Amadora”. Antes de se tornar jornalista profissional, em 1975, trabalhou numa companhia de seguros, estudou Filosofia em Paris, foi vendedor de jornais e rececionista de hotel.

Já como jornalista profissional, trabalhou em jornais diários, na radio e em semanários. Em 1978 ingressou na agencia noticiosa ANOP, antecessora da agência Lusa, onde permaneceu até outubro de 2015.

Como repórter da agência Lusa, viveu mais de vinte anos fora de Portugal: primeiro em Cabo Verde (dois anos) e depois em Pequim (19). Durante esse período foi também colaborador dos jornais Expresso, Publico e A Bola. Foi editor de Sociedade e de Cultura da agência Lusa. Orientou a formação dos primeiros profissionais da agência noticiosa de Cabo Verde, em 1988.

É autor de quatro livros: “Pela China Dentro: Uma viagem de doze anos” (2004), “Novas Coisas da China” (2013), “Peregrinação Vermelha” (2016) e “A Queda de Salazar: O Princípio do Fim da Ditadura” (2018), em colaboração com José Pedro Castanheira e Natal Vaz.

Em 2012, foi condecorado com a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique pelo “contributo ao jornalismo e à aproximação entre Portugal e a China”.

Reformou-se em novembro de 2015 da agência Lusa, com a categoria de Redator Principal. Continua a colaborar regularmente com o semanário “Expresso”.

No ano letivo 2016/17, deu aulas na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), no âmbito de uma pós-graduação em jornalismo regional.

Formação em Literacia dos Media, no CENJOR, nos dias 1 e 2 de Dezembro de 2016.

Áreas de Especialização

PEDIR FORMAÇÃO
António Macedo Ferreira
António Macedo Ferreira

António José Macedo Ferreira, nasceu na freguesia de Santa Luzia, Funchal, Madeira a 24 de maio de 1971.

Jornalista desde 1997 é editor de informação de rádio (TSF- Rádio Noticias – Madeira). Licenciado em Relações Internacionais (Universidade Autónoma de Lisboa – Luís de Camões, Lisboa,1995). Pós-graduado em Estudos Regionais e Locais (Curso de Mestrado em ERL – Universidade da Madeira, Funchal, 2010). Auditor de Defesa Nacional (Instituto de Defesa Nacional, Curso intensivo – Madeira, 2015).

Investigador do Dicionário Enciclopédico da Madeira. Lecionou a disciplina de Geografia na Escola Secundária do Funchal (Mercês) e na Escola Básica e Secundária da Calheta (1996-1998).

Formador de ‘Informação e Comunicação’ na DRFP – SRE do Governo Regional da Madeira. Presidente da Direção do Sindicato dos Jornalistas – Direção Regional da Madeira.

Áreas de Especialização

Editor de informação geral de Rádio – sem especialização

PEDIR FORMAÇÃO
António Marujo
António Marujo

Jornalista do 7Margens, profissional desde 1985. Trabalhou no Expresso, revista Cáritas e Diário de Lisboa, programas Toda a gente é pessoa (Antena 1) e Setenta Vezes Sete (RTP) e Público (1989-2013). Desde 2013, colabora com múltiplas publicações, nacionais e estrangeiras.

Orientou um seminário de formação no Cenjor, sobre o Papa Francisco e a Igreja Católica, e dezenas de acções de formação. Vencedor de dois prémios europeus de jornalismo e de uma bolsa de investigação jornalística da Gulbenkian. Autor ou co-autor de duas dezenas de livros.

Áreas de Especialização

Jornalismo, especializado na informação religiosa e de âmbito social; Jornalismo de investigação

PEDIR FORMAÇÃO
Carla Rodrigues Cardoso
Carla Rodrigues Cardoso

Carla Rodrigues Cardoso é doutorada em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa. É Professora Auxiliar na Universidade Lusófona, onde dirige a Licenciatura em Comunicação e Jornalismo e é investigadora no CICANT. Interessa-se pelos Estudos dos Média e do Jornalismo, e pela História do Jornalismo e os Estudos de Revista, em particular. Analisa há mais de 20 anos o território das newsmagazines, com um enfoque especial nas capas deste tipo de publicação.

Áreas de Especialização

PEDIR FORMAÇÃO
Carlos dos Santos Almeida
Carlos dos Santos Almeida

Carlos dos Santos Almeida é jornalista desde 1992. Mestre em Comunicação e Jornalismo e licenciado em Sociologia, iniciou a atividade numa rádio local e trabalhou em vários jornais locais e regionais. Desde 2001, integra a redação, que chegou a chefiar, do semanário Região de Leiria. Durante cerca de uma década, dirigiu um mensário local, Jornal da Batalha.

Áreas de Especialização

PEDIR FORMAÇÃO
Carolina Ferreira
Carolina Ferreira

Carolina Ferreira é jornalista. Chegou à Antena 1 em 2003 e começou a colaborar com a RTP no ano seguinte. Desde então trabalha para os dois meios, rádio e televisão, sempre no Centro Regional de Coimbra.

Antes, passou pela SIC Notícias entre 2002 e 2003, onde realizou estágio curricular e estágio profissional. Tem Licenciatura em Jornalismo e Mestrado em Comunicação e Jornalismo, pela Universidade de Coimbra. Nasceu em 1980 e vive na mesma cidade onde cresceu, Oliveira do Bairro. É casada e tem dois filhos.

Áreas de Especialização

PEDIR FORMAÇÃO
Catarina Santos
Catarina Santos

Catarina Santos licenciou-se em Jornalismo e Ciências da Comunicação na Universidade do Porto, em 2004.

Estagiou na Rádio Renascença, trabalhou num jornal só para médicos e num canal só para estudantes. Em Abril de 2008 regressou à Renascença para integrar a equipa de vídeo, onde, durante 10 anos, ajudou a desenvolver uma linguagem multimédia própria. Em 2018 mudou-se para o jornal Observador, onde é actualmente editora da equipa de multimédia.

Áreas de Especialização

  • Filmagem e edição de vídeo, construção de reportagens multimédia (integrando várias ferramentas para contar uma história — vídeo, fotografia, texto, grafismo, ilustração, áudio), rádio.
PEDIR FORMAÇÃO
Cecília Malheiro
Cecília Malheiro

Com o nome de guerra e o nome próprio de Cecília Malheiro comecei a delinear desde o 9. ano de escolaridade o meu futuro: ser jornalista e ganhar a vida a escrever sobre a atualidade. Estudei sempre com o foco de ser jornalista, licenciei-me em Jornalismo na Universidade de Coimbra e um dia consegui. Arranquei na aventura de se repórter em agosto de 1999 no Diário de Leiria, depois de um estágio curricular na antiga Delegação da Agência Lusa em Coimbra.

Assistia ao longe à explosão do jornalismo digital e depois fiz parte dele ao trabalhar no Público.pt e no Diário Digital onde sempre me fui dedicando à reportagem e ao jornalismo de proximidade porque é a ouvir as pessoas e os seus problemas que acho que o jornalismo pode fazer a diferença. Hoje trabalho na Agência Lusa, na redação do Porto, mas antes passei uma década a trabalhar no Algarve, chegando a Delegada da Lusa em Faro. Atualmente dedico-me muito à área de Turismo, Investigação Científica desenvolvida nas universidades, Educação, Moda e Indústria Têxtil, mas também ao Ambiente.

Áreas de Especialização

 

PEDIR FORMAÇÃO
Clara Teixeira
Clara Teixeira

Jornalista de Economia na Visão, desde 2004, e colaboradora na Exame (do mesmo grupo editorial). Com mais de três décadas de experiência profissional, passou anteriormente por títulos como o Semanário Económico, Expresso e Público. Escreve regularmente sobre temas de história económica na revista Visão História.

Áreas de Especialização

 

PEDIR FORMAÇÃO
Daniel Catalão
Daniel Catalão

Daniel Catalão é Jornalista/Apresentador da RTP, especializado em novas tecnologias e internet e autor do programa TecNet. É professor na Universidade Lusófona do Porto e na Escola Superior de Comunicação Administração e Turismo do Instituto Politécnico de Bragança.

É Doutorando em Media Digitais na FEUP – Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, em fase de elaboração de tese.

É detentor do Certificado de Formador acreditado pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua na área e domínio “A 147 – Jornalismo”.

Áreas de Especialização

  • Jornalismo
  • Literacia dos Media
  • Verificação e validação de conteúdos online
PEDIR FORMAÇÃO
Dina Margato
Dina Margato

Sou jornalista há 20 anos, colaboro com o “Expresso” e frequento o doutoramento em Ciências da Comunicação, no ISCTE, Lisboa. Licenciei-me em Filosofia e em Jornalismo e fiz o mestrado em Jornalismo e Comunicação, pela Universidade de Coimbra. Possuo certificado de formador atribuído por Conselho Científico-Pedagógico de Formação Contínua. Fui jornalista e editora-adjunta de Cultura e de Sociedade no “Jornal de Notícias”. Antes disso, professora de Filosofia. Pensar as transformações do jornalismo é ambição antiga.

Áreas de Especialização

  • Jornalismo (questões éticas, jornalismo digital, teorias dos média, jornalismo e comunicação)
PEDIR FORMAÇÃO
Elisabete Rodrigues
Elisabete Rodrigues

Elisabete Rodrigues, 57 anos, nascida em Lisboa, mas algarvia (de Lagoa) desde tenra idade, jornalista profissional desde 1985, licenciada em Comunicação Social pela FCSH da Universidade Nova de Lisboa. Começou a sua carreira no semanário «O Jornal», tendo depois passado pela Agência Notícias de Portugal, Agência Lusa, Independente, Diário de Notícias e Barlavento. Em Setembro de 2011, fundou, com colegas, o Sul Informação, jornal única e assumidamente online, que se tornou o órgão de referência no Algarve e Baixo Alentejo e várias vezes premiado.

Áreas de Especialização

PEDIR FORMAÇÃO
Élmano Ricarte
Élmano Ricarte

É pós-doutorando em Ciências da Comunicação no Instituto de Comunicação, da Universidade Nova de Lisboa (ICNova). Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade Católica Portuguesa (UCP). Duas Graduações (bacharelados) em Comunicação Social nas habilitações: Jornalismo e Rádio e TV pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) com estágio na UCP. Mestre pelo Programa de Pós-graduação de Estudos da Mídia da UFRN. Formação pedagógica pelo Centro Protocolar de Formação Profissional para Jornalistas (CENJOR). Integra o Grupo de Estudos Boaventura (UFRN e Universidade de Coimbra). Membro da Rede de Pesquisadores em Folkcomunicação (Rede Folkcom). Coordenador-adjunto do GT de Jovens Investigadores da SOPCOM.

Detentor do CCP (F690237/2020 – CENJOR) e certificado pelo Conselho Científico-Pedagógico de Formação Contínua (CCPFC/DC-4605/20)

Áreas de Especialização

  • Comunicação de Ciência (com crianças e adolescentes; novas tecnologias e novos media com ciência; ciência cidadã; jornalismo científico);
  • Jornalismo (jornalismo televisivo; jornalismo impresso; desafios da desinformação e das notícias falsas na atualidade; formatos jornalísticos impressos)
  • Comunicação Digital (utilização de blogs, Instagram, Facebook, podcasts e Youtube com crianças e adolescentes; cyberbullying)
  • Fotografia (linguagem e estética fotográfica; fotojornalismo como instrumento de consciencialização sociocultural)
  • Audiovisual (realização e produção de programas televisivos e radiofónicos; guião e narrativa para audiovisual; edição e montagem)
PEDIR FORMAÇÃO
Helena Viegas
Helena Viegas

Sou jornalista freelancer e escrevo para o Expresso e para o suplemento semanal do Jornal de Negócios, tendo colaborado também com revistas como a Sábado e a Notícias Magazine. Para a Esfera dos Livros e a Porto Editora, trabalhei na coordenação de livros de não-ficção. Possuo o certificado de formador atribuído por Conselho Científico-Pedagógico de Formação Contínua e dou workshops de escrita criativa e não só, numa escola que se chama Escrever, Escrever — porque é o mais gostamos e é isso que se faz lá. Também tenho um filho e já plantei uma árvore. Falta-me só fazer quase tudo.

Áreas de Especialização

  • Jornalismo de sociedade (educação, saúde, direitos humanos, tendências); Literacia mediática
PEDIR FORMAÇÃO
Inês Linhares Dias
Inês Linhares Dias

Jornalista na Agência Lusa, desde julho de 2018, na delegação dos Açores, onde trabalha em várias áreas, particularmente política, sociedade e cultura. Licenciada em Comunicação Social e Cultural pela Universidade Católica Portuguesa, na vertente de Jornalismo, e mestre em Jornalismo Internacional, com distinção, pela Universidade de Bedfordshire. Detentora do CCP (ex-CAP) EDF9801/2019/DREQP, com experiência em formação na primeira edição do projeto de Literacia para os Média e Jornalismo nos Açores.

Áreas de Especialização

PEDIR FORMAÇÃO
Isabel Gorjão Santos
Isabel Gorjão Santos

Isabel Gorjão Santos é licenciada em Comunicação Social pela Escola Superior de Jornalismo do Porto e em História Moderna e Contemporânea pelo ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, onde concluiu em 2010 o mestrado em História Moderna e Contemporânea. Tem centrado a sua investigação nos movimentos sociais e novas formas de mobilização e participação e é aluna do Doutoramento em Estudos Sobre a Globalização da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Foi jornalista do diário Público de 1999 a 2013, onde acompanhou as áreas de tecnologias de informação e comunicação, ciências e, desde 2007, política internacional. Atualmente exerce funções de técnica na Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal – AICEP Portugal Global.

Áreas de Especialização

PEDIR FORMAÇÃO
Isabel Nery
Isabel Nery

Jornalista e investigadora, biógrafa de «Sophia de Mello Breyner Andresen», Isabel Nery é autora de várias obras de não-ficção, entre elas o livro de reportagem «As Prisioneiras»; o ensaio «Chorei de Véspera» e «Política e Jornais – Encontros Mediáticos».

Dois dos seus livros foram adaptados para curtas-metragens de animação. Enquanto jornalista passou pela televisão, diários e semanários, tendo trabalhado quinze anos na revista VISÃO, onde fez parte da equipa que criou a VISÃO Júnior, de que foi editora.

Atualmente mantém colaboração com publicações nacionais e internacionais, é vice-presidente do Sindicato dos Jornalistas e membro do Comité Executivo do projeto Literacia para os Media e Jornalismo.

Áreas de Especialização

  • Reportagem e Géneros Jornalísticos; Imprensa; Jornalismo Literário; Saúde; Direitos Humanos; Política
PEDIR FORMAÇÃO
Jacinto Godinho
Jacinto Godinho

Jornalista dos quadros da RTP (Rádio e Televisão de Portugal) desde 1988. Como repórter fez vários trabalhos de investigação premiados, como Tráfico de hormonas para a carne de vaca (1993) e Caça aos golfinhos nos Açores (1994). Produziu e realizou e várias séries documentais, como é o caso de Ei-los que Partem – Uma história da Emigração Portuguesa (2006); A PIDE Antes da PIDE (2016) e Quando a Tropa mandou na RTP (2017) e A Gravação Secreta da Assembleia Selvagem (2019). Foi por duas vezes galardoado com o Prémio Gazeta do Clube de Jornalistas. Doutorado em Ciências da Comunicação pela FCSH da Universidade Nova de Lisboa, investigador do ICNOVA, é professor auxiliar do Departamento de Ciências da Comunicação da FCSH-UNL. Publicou os livros As origens da reportagem – Imprensa (2009) e As origens da reportagem – Televisão (2011).

Áreas de Especialização

  • Grande Reportagem.
  • Jornalismo de Investigação
  • Jornalismo Televisivo.
  • Regulação do Jornalismo.
  • Ética e Deontologia para o jornalismo
  • Estudo dos Media
  • Análise de Discurso.
  • História dos Média.
  • Documentarismo
PEDIR FORMAÇÃO
Joana Duarte Correia
Joana Duarte Correia

Joana Duarte Correia, detentora do CCP (ex-CAP) e certificado pelo Conselho Científico-Pedagógico de Formação Contínua, exerce funções na Universidade Aberta desde 2008, coordena um Centro de Aprendizagem em Grândola e é formadora e tutora de unidades curriculares de cursos e ações de formação a distância e em regime de b-learning. Licenciada em Jornalismo pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Mestre em Relações Interculturais pela Universidade Aberta de Portugal, Doutoranda em Sociologia no ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa. Tem realizado formação e investigação na área da Sociologia da Educação e da Comunicação – Media, Literacia(s) e competências, Inclusão digital, comunicação intercultural, ensino a distância e elearning.

Áreas de Especialização

  • Formadora e tutora de unidades curriculares de competências para a comunicação e relação humana, literacia para os media e literacia digital, docência digital em rede e metodologias de investigação.
PEDIR FORMAÇÃO
Joana Fillol
Joana Fillol

Joana Fillol é jornalista e investigadora. Licenciou-se em Coimbra, com dois Erasmus pelo meio: um em Madrid, outro em Roma. Trabalhou dez anos na revista Visão, no Porto, onde colaborou também com a Visão Júnior. Desta experiência surgiu a ideia de criar um site de informação noticiosa para jovens, o jornalissimo.com, que nasceu em 2015 e teve uma rubrica semanal no Jornal 2 da RTP. É à volta deste projeto que está, com uma bolsa da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, a fazer o Doutoramento em Ciências da Comunicação no Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho, onde tem investigado temas relacionados com as crianças, os jovens, as notícias e a Literacia Mediática. Nesta área, é colaboradora permanente do MILObs (Observatório sobre Media, Informação e Literacia) e é coautora do programa Ouvido Crítico, a rubrica semanal de Educação para os Media da Antena 1.

Áreas de Especialização

  • Educação para os Media, Literacia para as notícias
PEDIR FORMAÇÃO
Joana Martins
Joana Martins

Joana Martins foi jornalista do Diário de Coimbra e do Diário de Viseu entre os anos de 2006 e 2017 e atualmente é Professora Adjunta Convidada na Escola Superior de Educação de Viseu – Instituto Politécnico de Viseu, onde leciona ao curso de Comunicação Social. Em outubro de 2017 concluiu, na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, o doutoramento em Ciências da Comunicação. É licenciada em Jornalismo pela mesma faculdade e mestre em Ciências da Comunicação, pela Universidade Fernando Pessoa.

Áreas de Especialização

  • jornalismo especializado, literacia mediática, teorias da comunicação.
PEDIR FORMAÇÃO
João Figueira
João Figueira

João Figueira é doutorado em Ciências da Comunicação e professor de jornalismo na Universidade de Coimbra. É autor de vasta bibliografia sobre jornalismo, editada em Portugal e no estrangeiro, e co-organizador da obra As fake news e a nova ordem (des)informativa na era da pós-verdade.

As questões ligadas com a História do Jornalismo e dos media; com a desinformação/manipulação; e com as relações entre Jornalismo e Democracia, constituem as suas principais fontes de interesse académico.

Como jornalista, recebeu vários prémios e distinções, de que destaca o Prémio de Reportagem/Jornalismo atribuído em 1999 pelo Clube Português de Imprensa.

Áreas de Especialização

PEDIR FORMAÇÃO